Z1\

estamos acompanhando as obras do canal do jordão , desde o seu inicio até o final. queremos agradecer ao governo do estado, em especial a secretaria das cidades, através da cehab, pelo inicio desta obra. o movimento de luta pelo revestimento do canal do jordão vem lutando por esse sonho e só através de um governo popular, estamos vendo ele sair do papel. além das obras do canal, você pode ver as postagens antigas, que mostra como conseguimos esta obra.
este blog é seu,
divulgue-O


sábado dia 17 de abril, a vergonha continua

object style="background-image:url(http://i1.ytimg.com/vi/dfky3fL94po/hqdefault.jpg)" width="425" height="344">

rede globo homenageia dilson por sua luta peo canal do jordão

dilson martins

assista dilson agradecendo liberação de verbas para o canal do jordão ao presidente lula.

reportagem da rede globo

PRA CURITR

sexta-feira, 11 de julho de 2014

'TRÊS COISAS QUE CAUSARAM A PARALISAÇÃO DAS OBRAS DO HABITACIONAL CANAL DO JORDÃO"


hoje ao visitar o canteiro de obra do habitacional canal do jordão, tive a impressão de que ali, estava tudo abandonado.  governo irresponsável abandonou o sonho de um povo que vivia na lama. esse povo acreditou num governo que prometia moradia digna para quem saísse das margens do canal do jordão. seu eduardo campos, ao sair candidato a presidente da republica, martirizou muita gente com seu sonho megalomaníaco. o segundo fator que causou a paralisação dessa tão sonhada obra, foi a troca constante de gestores da cehab. hoje a cehab é presidida por um militante do psdb, com isso verbas vinda do governo federal ficaram escassa. o terceiro ponto crucial para o adiamento desse sonho de ter uma casa própria, foi a falta de cobrança e também a passividade dos que fazem parte da comissão de moradores que fiscalizam a obra. com a minha saída dessa comissão, ficou visível a falta de interesse de alguns com o andamento das obras. eu proponho a ocupação imediata dos apartamentos pelos futuros moradores, para que se faça pressão pelo retorno imediato da obra.







Nenhum comentário: