Z1\

estamos acompanhando as obras do canal do jordão , desde o seu inicio até o final. queremos agradecer ao governo do estado, em especial a secretaria das cidades, através da cehab, pelo inicio desta obra. o movimento de luta pelo revestimento do canal do jordão vem lutando por esse sonho e só através de um governo popular, estamos vendo ele sair do papel. além das obras do canal, você pode ver as postagens antigas, que mostra como conseguimos esta obra.
este blog é seu,
divulgue-O


sábado dia 17 de abril, a vergonha continua

object style="background-image:url(http://i1.ytimg.com/vi/dfky3fL94po/hqdefault.jpg)" width="425" height="344">

rede globo homenageia dilson por sua luta peo canal do jordão

dilson martins

assista dilson agradecendo liberação de verbas para o canal do jordão ao presidente lula.

reportagem da rede globo

PRA CURITR

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Novidades sobre o habitacional

Recife, sábado , 27 de agosto de 2016

Notícia publicada em 26/08/2016 | 14:03

Governo de Pernambuco incrementa a produção de Unidades Habitacionais

foto-noticia

Nesta sexta-feira (26), o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Habitação de Pernambuco (SecHab) anunciou a decisão do Ministério das Cidades em autorizar a migração de mais de 1.500 Unidades Habitacionais do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para execução através do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) nos municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho. O evento aconteceu no Palácio do Campo das Princesas com a presença do ministro das Cidades, Bruno Araújo; do governador, Paulo Câmara; e do secretário de Habitação, Marcos Baptista.
Durante a solenidade, o ministro das Cidades autorizou a construção de Unidades Habitacionais nos bairros de Jordão, em Jaboatão dos Guararapes, e Passarinho e Estrada do Caenga, em Olinda. Nesses casos, a SecHab já disponibilizou terrenos e realizou Chamada Pública para a seleção das empresas especializadas.  Os bairros de Peixinhos e Azeitona, em Olinda, também tiveram construção autorizada pelo Ministério das Cidades, com Chamada Pública a ser feita posteriormente. Ainda na ocasião, foram autorizadas as migrações de obras de Unidades Habitacionais em Charnequinha, no Cabo de Santo Agostinho, e Jardim Fragoso, em obras ligadas à Via Metropolitana Norte, em Olinda; estas, com Chamada Pública a se realizar.

O governador, Paulo Câmara, destacou a importância da parceria com o Ministério das Cidades. “A migração dará celeridade ao andamento das obras de moradia popular e será um alento para os pernambucanos em um momento de crise, porque vai dar oportunidade de emprego e renda para muitas pessoas”, ressaltou. “Juntos, podemos construir alternativas para ajudar o Brasil a se desenvolver. É gratificante e emocionante poder realizar a entrega de casas, pois as pessoas sabem que ali contarão com um local digno para se viver, para cuidar dos seus filhos, para ser feliz”, completou o governador. 
O ministro das Cidades, Bruno Araújo, reforçou o fato de que as migrações das Unidades Habitacionais para o PMCMV garantirão maior presteza e velocidade na entrega dessas obras. “Com a ação, ganham as famílias, que realizarão o sonho da casa própria, e também a sociedade como um todo, que recebe melhorias de urbanização e saneamento”, explicou.
Para o secretário de Habitação, Marcos Baptista, a parceria com o Ministério das Cidades é de grande importância no que diz respeito à viabilização das medidas necessárias para o incremento construtivo das Unidades Habitacionais no âmbito do Estado de Pernambuco. “Um dos objetivos da nossa política habitacional é garantir qualidade de vida e moradia digna à população. A união de forças do Governo de Pernambuco com o Ministério das Cidades permitirá que essas famílias recebam suas casas com maior rapidez e toda infraestrutura no seu entorno”, explica o secretário, que agradeceu o apoio do governador, Paulo Câmara, “fundamental para que o tema da Habitação alcançasse protagonismo e pudesse avançar em Pernambuco”.
Com as autorizações das migrações, serão destravados os recursos para o andamento de obras de 1.528 Unidades Habitacionais, beneficiando mais de 6,1 mil pessoas. As obras relativas à urbanização das áreas envolvidas, como abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem, pavimentação e a construção de equipamentos comunitários, permanecem no PAC, sob a responsabilidade de execução da SecHab.

Nenhum comentário: