Z1\

estamos acompanhando as obras do canal do jordão , desde o seu inicio até o final. queremos agradecer ao governo do estado, em especial a secretaria das cidades, através da cehab, pelo inicio desta obra. o movimento de luta pelo revestimento do canal do jordão vem lutando por esse sonho e só através de um governo popular, estamos vendo ele sair do papel. além das obras do canal, você pode ver as postagens antigas, que mostra como conseguimos esta obra.
este blog é seu,
divulgue-O


sábado dia 17 de abril, a vergonha continua

object style="background-image:url(http://i1.ytimg.com/vi/dfky3fL94po/hqdefault.jpg)" width="425" height="344">

rede globo homenageia dilson por sua luta peo canal do jordão

dilson martins

assista dilson agradecendo liberação de verbas para o canal do jordão ao presidente lula.

reportagem da rede globo

PRA CURITR

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

BLITZ DE NE TV 1 "O CANAL DO JORDÃO SÓ FOI REVESTIDO GRAÇAS A IMPRENSA E A NOSSA LUTA" TUDO É DOCUMENTADO

RSS
Quarta - 12/03/08 12h04

Blitz do NE TV 1ª edição confere o Canal do Jordão nesta quarta-feira

A Blitz do NE TV 1ª edição desta quarta-feira (12) foi conferir a situação do Canal do Jordão, no limite entre as cidades do Recife e Jaboatão dos Guararapes.

da Redação do pe360graus.com
A Blitz do NE TV 1ª edição desta quarta-feira (12) foi conferir a situação do Canal do Jordão, no limite entre as cidades do Recife e Jaboatão dos Guararapes.

Quem vive no bairro do Jordão, teme o período de chuvas que se aproxima. Em dias de sol, como esta terça, é possível caminhar ao lado do canal por cima de uma ponte de madeira, mas quando as chuvas chegam tudo fica alagado. “Dez minutos de chuva pra deixar o Jordão ficar entregue às baratas. É água, lama, leptospirose, doença de tudo quanto é tipo. A prefeitura diz que vai limpar, o Governo do Estado promete fazer o revestimento e ninguém ver nada”, diz o morador Dilson Martins.

Para chegar à casa de Dona Jaciara, o caminho é improvisado e perigoso: uma tábua estreita e escorregadia. E ao lado da porta da casa dela, o esgoto corre. “Quando chove, a gente fica sem entrar e sem sair de casa porque tenho medo do veneno do rato. A água do esgoto vem arrastando toda a sujeira. Fazendo este canal essa agonia da gente acaba”, conta Jaciara Vicente Ferreira.

A rua Castro Alves está coberta pelo mato. E quando chove: “Quem quer ir pro trabalho não pode passar, né minha gente?”, diz a dona de casa Zorilda da Silva. “A gente tem que usar caiaque para sair de tanta água que fica aqui”, completa o desempregado Jamerson Queiroz.

E quem tem filhos, como a dona de casa Sandra Almeida, mãe de sete crianças, preocupa-se. “A gente não sai na rua e, dentro de casa, fica meio de água. As crianças ficam todas chorando”, conta.

Em uma das casas, é possível ver até um cadastro do projeto de regularização e revestimento do Canal do Jordão, emitido pela Prefeitura do Recife e o Governo de Pernambuco em setembro de 2007. “Só fizeram colar o papel, já teve reuniões eu participei e nada. Eles disseram que as casas iam ser indenizadas, mas desde setembro que ninguém vem aqui”, diz Gleice Correia.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria das Cidades, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) destinou para a revitalização do canal do Jordão R$42 milhões.

No dia 27 de março, haverá uma audiência pública, no Centro Social Urbano do bairro do Jordão, para explicar aos moradores como será feita a obra e também para informar sobre quem será indenizado e quem será relocado para um conjunto habitacional na área. As obras do canal devem começar no início de abril.

    Um comentário:

    blog.com disse...

    Nós sempre sabemos que essa luta desse canal do Jordão foi Dilson e sua equipe e que luta até hoje para a conclusão dessa obra, estamos sempre com você.