Z1\

estamos acompanhando as obras do canal do jordão , desde o seu inicio até o final. queremos agradecer ao governo do estado, em especial a secretaria das cidades, através da cehab, pelo inicio desta obra. o movimento de luta pelo revestimento do canal do jordão vem lutando por esse sonho e só através de um governo popular, estamos vendo ele sair do papel. além das obras do canal, você pode ver as postagens antigas, que mostra como conseguimos esta obra.
este blog é seu,
divulgue-O


sábado dia 17 de abril, a vergonha continua

object style="background-image:url(http://i1.ytimg.com/vi/dfky3fL94po/hqdefault.jpg)" width="425" height="344">

rede globo homenageia dilson por sua luta peo canal do jordão

dilson martins

assista dilson agradecendo liberação de verbas para o canal do jordão ao presidente lula.

reportagem da rede globo

PRA CURITR

segunda-feira, 10 de junho de 2013

"CANOS VAZANDO? TIRE UMA FOTO E INFORME À COMPESA PELO CELULAR"


CLIENTES JÁ PODEM INFORMAR SOBRE VAZAMENTOS PELO TELEFONE CELULAR

10/06/2013 ÀS 15:56
Precisão, agilidade e redução de desperdício são os principais objetivos da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) ao utilizar a telefonia móvel para informar sobre vazamentos na rede de distribuição de água ou extravasamento na rede coletora de esgoto. O recurso tecnológico já está sendo oferecido pela empresa desde o dia 1º de junho, inicialmente apenas para os clientes da Região Metropolitana do Recife. A sistemática funciona a partir da utilização de um aplicativo para smartphone compatível com os sistemas Android e iOS (iPhone), permitindo à população informar sobre ocorrências a partir de fotos tiradas no local.
O aplicativo funciona da seguinte forma: após instalado no telefone, o cliente tira uma foto do vazamento, aponta no mapa o local da ocorrência e envia o registro para a Compesa, que receberá as informações. Feito isso, o operador do call center abrirá um registro de atendimento baseando-se na foto, que já aparecerá georreferenciada no sistema da companhia e enviará um protocolo para o celular do cliente. Se por algum motivo não for possível identificar o local da ocorrência, o cliente receberá uma mensagem de texto informando que não foi possível abrir o registro e será orientado a entrar em contato com o call center da empresa.
Segundo o diretor Regional Metropolitano da Compesa, Rômulo Aurélio Souza, a companhia tem buscado na tecnologia as ferramentas necessárias para melhorar a prestação de seus serviços. “Essa ferramenta vai permitir que a Compesa tenha ciência de um vazamento, estouramento (quando ocorre em tubulações de grande porte) ou extravasamento de esgoto com o auxílio de um recurso fundamental, que é a imagem”, explica Rômulo.
Essas imagens chegarão com as coordenadas, possibilitando a identificação do endereço correto e dando uma maior agilidade no conserto da tubulação. “Pela imagem, os nossos técnicos já terão uma noção sobre a extensão do vazamento para adotar as providências cabíveis, como o fechamento imediato dos registros para evitar o desperdício e mobilizar equipes, que seguirão para o local com a estrutura necessária para resolver a questão”, explica Rômulo.
Quando o serviço for concluído, o cliente da Compesa receberá uma mensagem de texto informando sobre a sua conclusão. Caso ele tenha cadastrado o seu endereço eletrônico no aplicativo, será possível também receber por e-mail um questionário para avaliar o serviço da companhia.
O aplicativo já está disponível para download na GooglePlay (para usuários Android) e em breve será também disponibilizado na Apple Store (para os usuários Iphone).
INVESTIMENTO - Atualmente, a Compesa investe cerca de R$ 1 milhão para consertar cerca de seis mil vazamentos por mês no Grande Recife. Ao todo, são 70 equipes de manutenção. Além desse trabalho corretivo, a companhia também tem investido em ações preventivas. Estão sendo aplicados R$ 400 milhões na troca de tubulações antigas da Região Metropolitana.

Nenhum comentário: