Z1\

estamos acompanhando as obras do canal do jordão , desde o seu inicio até o final. queremos agradecer ao governo do estado, em especial a secretaria das cidades, através da cehab, pelo inicio desta obra. o movimento de luta pelo revestimento do canal do jordão vem lutando por esse sonho e só através de um governo popular, estamos vendo ele sair do papel. além das obras do canal, você pode ver as postagens antigas, que mostra como conseguimos esta obra.
este blog é seu,
divulgue-O


sábado dia 17 de abril, a vergonha continua

object style="background-image:url(http://i1.ytimg.com/vi/dfky3fL94po/hqdefault.jpg)" width="425" height="344">

rede globo homenageia dilson por sua luta peo canal do jordão

dilson martins

assista dilson agradecendo liberação de verbas para o canal do jordão ao presidente lula.

reportagem da rede globo

PRA CURITR

terça-feira, 9 de novembro de 2010

repostagem publicada hoje 09/11/2010

Obra de revistimento do canal do Jordão está paralisada

Envie também a sua sugestão de matéria para o Cidadão Repórter
Por Késia Souza, da Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR


Uma das obras consideradas primordiais para evitar os transtornos trazidos pelas chuvas está paralisada. É o revestimento do canal do Jordão. A suspensão dos trabalhos acontece há, aproximadamente, dois mês. Os moradores temem que chegue a época das chuvas e a obra não tenha sido concluída. Uma outra queixa da população local é que, com a suspensão dos trabalhos, não houve uma preocupação em isolar a área para evitar acidentes. Um das queixas é com relação às barras de ferros que estão colocadas na margem do canal. Na área é comum avistar crianças “brincando” em meio a essas barras. O problema foi denunciado no site do Cidadão Repórter, no portal do Pernambuco.com por Dilson Martins, morador da área.

“Eles paralisaram as obras e deixaram muitas armadilhas pelo meio do caminho. E isso torna muito fácil as pessoas se acidentarem. Crianças brincam nas proximidades sem saber que uma queda em cima das vigas pode acarretar um acidente muito grave. A construtora devia ter colocado uma cerca para isolar a área”, comentou o cidadão repórter Dilson Martins. “Se chover um pouco mais forte, não duvido nada da água arrancar essas barras.”
Ele contou ainda que a comunidade não recebeu nenhum comunicado a respeito da paralisação das obras. “Fomos pegos de supresa. Ninguém explicou nada. E a obra ainda não está nem na metada”, criticou.
O presidente da Companhia Estadual de Habitação e Obras de Pernambuco (Cehab-PE), Amaro João, explicou que a paralisação aconteceu porque em um trecho da Avenida Maria Irene passa uma adutora da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), que abastece parte de Jaboatão e parte do Recife. Por conta disso, será necessário constuir uma nova adutora e foi necessário realizar a desapropriação da área por onde passará o cano mestre.
“Vamos precisar de 30 dias para a conclusão da instalação da nova adutora, mas em dezembro a obra de revestimento do canal será retomada. A população pode ficar tranquila que no inverno do ano que vem, o trabalho terá sido concluído”, garantiu Amaro João.
Com relação às vigas de ferro, ele afirmou que ainda esta semana uma equipe de fiscalização irá no local para averiguar quais as medidas de segurança precisam ser adotadas para evitar acidentes na área.

Nenhum comentário: